Plataforma de discussão sobre o futuro das cidades

Plataforma de discussão
sobre o futuro das cidades

Seminário 'Parques Urbanos'

21/06/2016

A história do Parque do Flamengo começou com o aterramento das enseadas da Glória e do Flamengo, na década de 1950. Sobre a terra removida no desmanche do Morro de Santo Antônio foram pavimentadas pistas que expandem a conexão entre as zonas norte e sul do Rio. A esse eixo viário se dá o nome de Aterro do Flamengo.

Mas a história mudou seu curso no início da década de 1960. Carlos Lacerda, o primeiro governador do então Estado da Guanabara, cedeu à pressão da arquiteta Lotta de Macedo Soares para autorizar a construção de um expressivo espaço recreativo dos dois lados do aterro. Assim ganhou forma o Parque do Flamengo. E também o sonho de Lotta, que idealizou um parque a céu aberto, livre de construções e obstáculos. Inaugurado a 17 de outubro de 1965 como Parque 4o Centenário, o parque foi projetado pelo arquiteto Affonso Eduardo Reidy, com contribuições de Ethel Bauzer Medeiros, Roberto Burle Marx e Richard Kelly.

Em novembro de 2014, o Arq.Futuro realizou um encontro para discutir modelos de gestão para parques urbanos e unidades de conservação. Às vésperas do 50o aniversário, o Parque do Flamengo foi um dos principais pontos do seminário.

Agora, em junho de 2016, o Arq.Futuro e a FGV retornam à questão, introduzindo um estudo inédito realizado pela FGV Direito Rio, que analisou diferentes modelos jurídicos para propor alternativas para dinamizar e modernizar a administração atual do parque. Este é o contexto do seminário Novos modelos de gestão de parques urbanos: o caso do Parque do Flamengo, que acontece no dia 29 de junho, na FGV Direito Rio. As inscrições estão abertas neste link.

 

PROGRAMAÇÃO

9h - 9h15 - Sessão de abertura

Antonio Porto - FGV Direito Rio
Rubens Cysne - EPGE
Tomas Alvim - Arq.Futuro
Washington Fajardo - Instituto Rio Patrimônio da Humanidade

9h15 - 10h - Apresentação do Parque do Flamengo
Washington Fajardo - Instituto Rio Patrimônio da Humanidade

10h - 10h40 - Novos modelos de gestão de parques urbanos e o caso do Parque do Flamengo
Patrícia Sampaio - FGV Direito Rio
Rômulo Sampaio - FGV Direito Rio

10h40 - 11h20 - Debate
Arícia Fernandes Correia - Procuradora da Prefeitura do Rio
Patrícia Sampaio - FGV Direito Rio
Rômulo Sampaio - FGV Direito Rio
Rubens Cysne - EPGE
Washington Fajardo - Instituto Rio Patrimônio da Humanidade

11h20 às 11h30 - Intervalo

11h30 às 12h10 - Parque do Flamengo, iniciativas

Carlos Augusto Junqueira  - Instituto Parque do Flamengo
Gabriela Marins - BR Marinas

12h10 - 13h - Debate
Arícia Fernandes Correia - Procuradora da Prefeitura do Rio
Carlos Augusto Junqueira - Instituto Parque do Flamengo
Gabriela Marins - BR Marinas
Patrícia Sampaio - FGV Direito Rio
Rômulo Sampaio - FGV Direito Rio
Washington Fajardo - Instituto Rio Patrimônio da Humanidade
Raquel Domingues - Fundação Aron Birmann

INFORMAÇÕES
Seminário Novos Modelos de Gestão de Parques Urbanos: o Caso do Parque do Flamengo

Data: 29 de junho (quarta-feira), a partir das 9:00
Local: Sede FGV - Praia de Botafogo, 190, 12º andar, Rio de Janeiro
* Entrada franca.